Tony O'Brien/Reuters
Tony O'Brien/Reuters

Conheça Wesley Moraes, atacante convocado por Tite para a seleção brasileira

Mineiro, atacante não chegou a defender nenhum clube brasileiro profissionalmente

Daniel Batista, Renan Fernandes, O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2019 | 11h08

A seleção brasileira terá uma cara nova e desconhecida por muitos torcedores nos amistosos contra a Argentina e a Coreia do Sul. O técnico Tite convocou o atacante Wesley Moraes para o lugar de David Neres, cortado por lesão. O novo convocado é daqueles casos de jogador que fez sua carreira no exterior e nunca chegou a atuar profissionalmente no futebol brasileiro.

Wesley Moraes Ferreira da Silva tem 22 anos e passou a chamar a atenção quando foi contratado pelo Aston Villa por 22 milhões de libras (R$ 105 milhões na época) se tornando a contratação mais cara da história do clube. Antes, o mineiro de Juiz de Fora passou três temporadas no Club Brugge, onde ganhou o prêmio de melhor jovem do Campeonato Belga, na temporada 2017/18. 

O jogador chegou a fazer testes nas categorias de base do Cruzeiro e do Atlético-MG, mas só teve oportunidade nas divisões inferiores do Itabuna, da Bahia. No clube nordestino, conseguiu aparecer com destaque e aos 17 anos largou tudo no Brasil e foi defender o Trencin, da Eslováquia. 

Com 22 anos e 1,91m de altura, Wesley chama a atenção pela força, mas também por ser um atacante que faz gols e dá assistência. No Brugge, ele fez 38 gols e deu 14 assistências em 130 jogos, números que fizeram o Aston Villa apostar em seu futebol e também chamou a atenção de Tite. 

O Brasil enfrenta a Argentina na sexta-feira e depois vai encarar a Coreia do Sul na terça-feira. Esses serão os últimos compromissos da equipe antes do início das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O torneio classificatório começa em março do ano que vem. Até por isso, Tite aproveitou para apresentar uma lista com novidades além de Wesley. Ele chamou, por exemplo, um goleiro novato, Daniel Fuzato, da Roma e ex-Palmeiras

Nas laterais, além de Emerson, o treinador também resolveu apostar em Renan Lodi, um dos destaques do Atlético de Madrid. Os dois estiveram presentes em listas recentes de André Jardine para a seleção pré-olímpica. Douglas Luiz, do Aston Villa e também com idade para participar de Tóquio-2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.