Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

'Quero chegar nas finais de todos os campeonatos', diz presidente do Corinthians

Dirigente avisa que o Alvinegro não vai priorizar nenhuma competição

O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2017 | 12h00

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, avisou que o clube não vai priorizar nenhuma competição. No sábado, diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, a equipe iniciou uma série de confrontos mata-mata. Na quarta-feira, o time enfrentará o Universidad de Chile, pela Copa Sul-Americana. No próximo domingo, faz a partida de volta com o Botafogo, e no dia 12 encara o Internacional pela Copa do Brasil.

"São competições de mata-mata, não tem muito o que poupar. Não é uma competição de pontos corridos, na qual você pode ganhar um ponto fora e tentar somar três em casa. No mata-mata, se você não passa de fase, você sai. Priorizar é abrir mão de um campeonato e eu quero chegar nas finais de todos os campeonatos. Esse é o nosso objetivo", disse o dirigente após o empate por 0 a 0 com o Botafogo, no sábado à noite.

Roberto de Andrade, no entanto, fez questão de deixar claro que caberá ao técnico Fábio Carille e seus auxiliares escolherem a escalação da equipe nos próximos jogos. "A comissão técnica é quem define essas coisas, não é o presidente", afirmou.

Carille, porém, ainda não sabe se terá força máxima nos próximos jogos. O meia Rodriguinho está com dores no joelho esquerdo e já ficou de fora da partida de sábado contra o Botafogo. Também estão no departamento médico Kazim, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.