Kenzo Tribouillard / AFP
Kenzo Tribouillard / AFP

'Quero continuar a jogar na seleção, acho que podemos ir à Copa do Catar', diz Bale

No sábado, jogador abandonou entrevista após ser questionado se iria se aposentar do time nacional do País de Gales

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2021 | 17h24

Gareth Bale deixou claro que pretende continuar jogando pela seleção galesa. Após abandonar entrevista pós-jogo da derrota do País de Gales para a Dinamarca na Eurocopa, irritado com uma pergunta sobre a aposentadoria do time nacional, o atacante voltou a reforçar que ama representar sua nação.

"Eu quero continuar a jogar. As pessoas fazem perguntas estúpidas o tempo todo, mas obviamente eu amo jogar por Gales. Eu continuarei a jogar por Gales até o dia que eu parar de jogar futebol", disse Bale na zona mista, já de cabeça fria. O boato da aposentadoria foi publicado pelo jornal madrilenho Marca, que publicou que Bale pensava em deixar de jogar na seleção após a Eurocopa.

O País de Gales foi derrotado pela Dinamarca por 4 a 0 nas oitavas de final do torneio. No torneio, o atacante do Real Madrid, não marcou gols, perdeu um pênalti e deu duas assistências. Contudo, ele se disse animado para mais desafios pela seleção galesa.

"Nós acabamos de começar a campanha da Copa do Mundo e nós precisamos levar esta experiência para isso. Eu sinto que nós temos um jeito muito bom de jogo quando estamos bem e precisamos manter essa confiança alta, continuar jogando futebol e eu acho que podemos classificar para a próxima Copa do Mundo", afirmou.

Gales está no grupo E das Eliminatórias da Europa, junto com Bélgica, República Tcheca, Belarus e Estônia. Com três rodadas disputadas até o momento, está em terceiro no grupo com 3 pontos, um atrás da República Tcheca e quatro atrás da líder Bélgica. Quem terminar como o primeiro da chave tem vaga assegurada na Copa do Catar, e o segundo disputa uma repescagem contra outra seleção europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.