Cesar Greco/ Ag. Palmeiras
Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

'Quero que apontem um goleiro que nunca falhou', desabafa Prass

Palmeiras venceu o Fluminense por 3 a 1 e encerrou jejum de quatro jogos sem ganhar

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2017 | 18h22

O goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, desabafou neste sábado contra as críticas recebidas pelas falhas em jogos anteriores da equipe. Após o time ter encerrado uma série negativa de quatro jogos sem vencer e batido o Fluminense, por 3 a 1, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, o veterano jogador disse que ninguém está livre de errar e comprometer a equipe, principalmente quem atua na posição dele.

"Faz parte da vida do goleiro cometer falhas. Quero que apontem um goleiro que nunca falhou. Eu não trago para campo as glórias do jogo passado, nem as falhas. Tem que manter a serenidade e nunca se precipitar em uma avaliação", comentou o goleiro de 39 anos e que defende o Palmeiras desde 2013. O jogador tem no currículo os títulos da Copa do Brasil, de 2015, e o Brasileiro, de 2016, com a camisa do clube.

Na derrota para o São Paulo por 2 a 0, no dia 27, no Morumbi, Prass admitiu ter se equivocado nos lances. Já na última quarta, na derrota para o Coritiba, no Couto Pereira, o goleiro negou a falha no gol que selou a derrota palmeirense. E neste sábado, porém, o palmeirense teve participação fundamental nos acréscimos, ao defender uma cabeçada de Marcos Júnior quando a partida ainda estava 2 a 1.

Na entrevista depois do jogo, Prass afirmou que apesar de ter ouvido as críticas, tem tranquilidade de não se abalar. "Eu simplesmente tenho 39 anos e noção das minhas qualidades e defeitos. O Palmeiras passou por isso no começo, com essa sequência de derrotas, e outros times vão passar no meio, outros no final. Haverá muita alternância. A torcida fez a diferença e ganhamos o jogo", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.