Paul ELLIS / AFP
Paul ELLIS / AFP

'Quero que o Liverpool seja o time que ninguém quer enfrentar', diz Klopp

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, treinador alemão ressalta que equipe deve manter empenho para duelo de volta contra o Benfica, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, nesta quarta

Redação, Estadão Conteúdo

12 de abril de 2022 | 12h12

Depois de decepções em série na temporada passada, o Liverpool quer voltar a ser o time que nenhuma equipe quer enfrentar, avisou o técnico Jürgen Klopp nesta terça-feira. Para tanto, o treinador prometeu empenho nesta quarta-feira, apesar da vantagem construída no duelo de ida contra o Benfica, pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

"Fomos bem no jogo da ida, gostei da nossa atuação. Nosso principal objetivo é nos tornarmos novamente o time que ninguém quer enfrentar", disse Klopp. "Queremos ser agressivos do ponto de vista do futebol, vamos nos defender bem. Agora sabemos um pouco melhor como eles jogam", comentou o técnico, referindo-se ao adversário português.

No jogo da ida, o Liverpool venceu por 3 a 1, fora de casa. "Este é um jogo superimportante para nós. Lutamos bastante no ano passado e agora podemos chegar às semifinais, o que é incrível. Significa muito para nós", projetou o treinador, que busca sua terceira semifinal da Liga dos Campeões no comando do time inglês.

Na temporada passada, o Liverpool caiu justamente nas quartas, diante do Real Madrid. Por isso, Klopp pediu atenção aos seus jogadores. "É como se estivéssemos vencendo por 3 a 1 no intervalo do jogo. É tão perigoso quanto 2 a 0. É uma boa base, mas se eles fizerem um gol, como aconteceu contra a Inter de Milão, o jogo muda. Percebemos isso na semana passada. Precisamos fazer o Benfica sentir que este é um jogo que eles não querem disputar."

Nas oitavas, o Liverpool avançou após perder por 1 a 0 para a Inter, em casa, por conta da vantagem construída no jogo de ida. Na ocasião, a classificação foi mais sofrida do que o esperado porque a equipe inglesa caiu de produção após levar o gol.

Também presente na coletiva de imprensa, o goleiro brasileiro Alisson confirmou a motivação do Liverpool. "Acredito que ganhamos muitas partidas nesta temporada. Estamos na briga pela Liga dos Campeões, o Campeonato Inglês, vencemos a Copa da Liga Inglesa. Estamos também na Copa da Inglaterra. E há dois anos ganhamos o Mundial. Conquistamos coisas incríveis, mas não estamos satifeitos. Queremos mais!", garantiu o jogador da seleção brasileira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.