Questões políticas marcam treino do Corinthians deste sábado

Torcedores vão ao Parque São Jorge com faixas pedindo eleições diretas para a presidência do clube

Redação

22 de março de 2008 | 12h59

O treino do Corinthians na manhã deste sábado foi marcado pela manifestação política, que ofuscou as atividades do jogadores para a partida contra o lanterna Rio Claro, neste domingo, às 16 horas, no Morumbi. Um grupo de torcedores compareceu ao treinamento, no Parque São Jorge, para fazer campanha a favor das eleições diretas no clube.  Com apoio do atual presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, o Conselho Deliberativo do clube alvinegro vota, nesta segunda-feira, a proposta de mudança estatutária que, além da mudança para eleições diretas para presidente, também prevê a diminuição de tempo do mandato de quatro para três anos.  A votação está marcado para acontecer nesta segunda-feira, no Parque São Jorge, e os torcedores que foram ao treino deste sábado prometem comparecer ao local para pressionar os conselheiros corintianos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.