Quilmes pode ser punido por racismo

"Fui xingado de negro de merda e macaco pelo camisa 21 (Sanchéz)", acusou o atacante Grafite, do São Paulo, ao revelar ter sido vítima de racismo no jogo de quarta-feira à noite, contra o Quilmes, na Argentina, pela Libertadores. A Conmebol informou que pode até multar o clube argentino pelos insultos, segundo revelou o assessor da entidade, Nestor Benitez. "Estamos aguardando a súmula do árbitro para tomarmos medidas e iniciarmos a investigação. O Quilmes pode ser multado sim", avisou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.