R. Carlos confirma versão de Zagallo

O jogador Roberto Carlos confirmou agora há pouco, em seu depoimento na CPI da CBF/Nike, a versão apresentada pelo técnico Zagallo na mesma comissão. Segundo o lateral do Real Madrid, o treinador da seleção brasileira na época só foi informado do mal-estar do atacante Ronaldinho momentos antes do começo da final da Copa do Mundo de 98, na França. Roberto Carlos lembrou na CPI que ocupava o mesmo quarto de Ronaldinho na concentração na França. No dia da final, quando ele percebeu que o companheiro estava passando mal, saiu correndo para chamar os médicos Lídio Toledo e Joaquim da Matta. "Como sou muito medroso, eu não presenciei o atendimento médico, mas posso afirmar que Zagallo estava em um alojamento muito distante, no momento em que o atleta foi atendido?, garantiu o jogador.O depoimento de Zagallo sobre esse assunto deixou muitas dúvidas nos membros da CPI. Enquanto o treinador defende a tese de que só ficou sabendo da crise de Ronaldinho momentos antes do jogo com a França começar, o atacante Edmundo revelou que o técnico soube imediatamente do ocorrido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.