Racing está pronto para quebrar tabu

O Racing está pronto para festejar, nesta quinta-feira, o fim de jejum que dura 35 anos. Para voltar a comemorar título de campeão argentino, basta um empate na visita ao Vélez Sarsfield, na última rodada do torneio Apertura, primeira fase da temporada de 2001-2002. Dessa forma, não dependerá do resultado da partida que o vice-líder River Plate faz em seu campo com o Rosario Central. Os dois jogos estavam programados para domingo, mas tiveram de ser transferidos por causa dos distúrbios que provocaram a renúncia do presidente Fernando de la Rúa. O sindicato dos jogadores da Argentina queria que a competição fosse retomada apenas em fevereiro. O Racing, 41 pontos, só depende de seu desempenho para pôr fim à agonia. O River, 38, tem de ganhar e torcer por derrota dos líderes, para provocar um jogo-desempate no domingo. A ESPN-Brasil mostra o jogo do Racing a partir das 18 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.