Racing renasce e lidera na Argentina

A terceira maior torcida da Argentina enfim voltou a ter motivo para sorrir. E está mostrando sua paixão pelo clube que não é campeão nacional há 35 anos enchendo os estádios por onde o Racing passa. Líder do campeonato com cinco pontos de vantagem sobre os vice-líderes River Plate e Gimnasia de La Plata, o time celeste e branco está provocando uma febre que deixou o subúrbio de Avellaneda e se espalhou pelo país. O mecenas responsável pelo ressurgimento de um clube que chegou a ser considerado falido é um mistério. A empresa Blanquiceleste S.A. assumiu o Racing no último dia útil de 2000 e recebeu um prazo de nove anos para quitar as dívidas do clube, hoje avaliadas em US$ 74 milhões. Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.