Radiante, zagueiro Adailton festeja gol no fim da partida

Jogador do Santos balançou as redes nos acréscimo e deu três pontos ao time da Vila Belmiro no Mineirão

04 de outubro de 2007 | 12h31

Adailton, o herói do triunfo santista por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, estava radiante na saída para os vestiários. "Foi a única chance que nós tivemos. Soubemos aproveitar e fizemos um gol importante na nossa luta por uma vaga na Libertadores", disse o zagueiro, muito celebrado por seus companheiros. Veja também: Crônica do jogo: Cruzeiro 0 x 1 Santos Classificação Últimos resultados / Próximos jogos Para Luxemburgo, foi fundamental ter segurado o ímpeto do Cruzeiro no começo da partida. Sem isso, o resultado estaria comprometido. "Tínhamos de frear o ritmo do Cruzeiro, que tem jogadores velozes. Trabalhamos com calma e as mudanças que eu fiz foi para aproveitar o cansaço da zaga do Cruzeiro no segundo tempo. Se tivéssemos aproveitado o último passe poderíamos ter tido mais chances. Estou satisfeito." Luxemburgo comemorou a vitória, mas sabe que uma derrota seria normal. "Fazemos projeção de tabela. Perder hoje (quarta) estava previsto" revelou. "O empate também seria ótimo e perder, um resultado normal. Mas no confronto direto nós avançamos. Está dentro do que planejamos e agora podemos trabalhar com mais tranqüilidade", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.