Rafa Marquez descarta fratura e traz alívio ao México

Depois da traumática notícia do corte do meia Luis Montes, com fratura da tíbia e do perônio da perna direita, a torcida mexicana ficou mais aliviada com a situação do zagueiro e capitão Rafa Marquez. Ele também sofreu contusão durante o amistoso deste sábado, em que o México venceu o Equador por 3 a 1, em Dallas (EUA), mas o caso parece não ser tão grave. 

AE, Agência Estado

31 de maio de 2014 | 21h31

Enquanto Luis Montes já está fora da Copa, por causa da grave lesão sofrida durante o amistoso deste sábado, Rafa Marquez não deve ser desfalque para a seleção mexicana. Ele levou uma forte pancada no pé direito numa dividida com um jogador equatoriano e foi encaminhado para um hospital em Dallas. Os exames, porém, não detectaram nenhuma fratura no local.

O próprio Rafa Marquez escreveu no Twitter que não tem nenhuma fratura, mas também postou uma foto do pé bastante inchado pela pancada. Ainda não é possível saber quanto tempo ele ficará em recuperação, mas o técnico Miguel Herrera mostrou otimismo com a situação do seu zagueiro e capitão. "Não há sinal de nada mais grave", revelou o comandante mexicano.

Antes de perder Luis Montes neste sábado, Herrera já tinha sido obrigado a cortar outro jogador por contusão. Há cerca de 10 dias, foi a vez do volante Juan Carlos Medina, veterano de 30 anos que fazia parte do grupo de confiança do treinador da seleção mexicana - trabalharam juntos no América -, deixar o time por causa de lesão no tornozelo direito.

Rival do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo, o México enfrentará a seleção brasileira no dia 17 de junho, na Arena Castelão, em Fortaleza. Nesse mesmo Grupo A, os mexicanos vão jogar contra Camarões e Croácia.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolRafa Marquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.