Rafa Márquez pede permanência de Herrera no México

Além de contar com a confiança da cúpula da Federação Mexicana de Futebol, que já trabalha para renovar seu contrato por quatro anos, o técnico Miguel Herrera tem também o apoio do grupo, conforme revelou nesta quinta-feira o capitão da seleção, Rafael Márquez, que deu sua permanência.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2014 | 17h58

"Ele tem um estilo e não muda", elogiou o zagueiro, que participa no Brasil de sua quarta Copa do Mundo pela seleção do México. "Me deixa feliz que falem dele não só pela sua forma de ser, mas pela maneira como trabalha também", completou Rafa Márquez, se referindo ao modo extravagante como o treinador comemora os gols mexicanos.

Herrera assumiu a seleção mexicana sob o risco de não conseguir a vaga na Copa, em outubro do ano passado, pouco antes da vitória na repescagem sobre a Nova Zelândia. Efetivado após a classificação, o técnico assinou um contrato até o fim deste Mundial, mas agora deve renovar por quatro anos.

Antes de qualquer decisão sofre o futuro de Herrera, porém, os mexicanos se concentram para o jogo decisivo pelas oitavas de final do Mundial, contra a Holanda, no próximo domingo, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolRafa Márquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.