Rafael Márquez exige partida perfeita do México

Preocupado com o poder ofensivo da Argentina, o volante Rafael Márquez afirmou que o México precisará fazer uma partida perfeita neste domingo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, se ainda quiser se manter com chances na competição.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2010 | 09h00

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

"Precisamos fazer a partida perfeita. Eles têm excelentes jogadores no ataque, mas possuem também alguns pontos fracos. Precisamos encontrá-los e fazer a melhor partida possível. Confio em meus companheiros para um grande jogo", avaliou o jogador do Barcelona.

Rafael Márquez comentou ainda sobre o seu companheiro de clube argentino, Lionel Messi. E garantiu que os mexicanos não poderão deixar o meia-atacante receber a bola. "A Lio (Messi) conheço bem, é até difícil falar. Precisamos diminuir seu espaço, ter muita ajuda para sempre evitar que ele receba a bola. Precisamos evitar isso", disse.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.