Rafael Moura chega e espera estrear pelo Inter na quinta

'Agora quero me adaptar o mais rápido possível, conhecer melhor meus companheiros', disse o jogador

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2012 | 19h25

Novo reforço do Internacional, o atacante Rafael Moura foi oficialmente apresentado nesta segunda-feira e já partiu para seu primeiro treino junto aos novos companheiros. Com muitos desfalques no setor ofensivo, a diretoria do clube gaúcho correu para acertar a contratação do jogador junto ao Fluminense e espera poder utilizá-lo o mais rápido possível.

Como vinha treinando normalmente no Fluminense, Rafael Moura projetou sua estreia já para esta quinta-feira, diante do Corinthians, no Pacaembu, pela 17.ª rodada do Brasileirão. "Agora quero me adaptar o mais rápido possível, conhecer melhor meus companheiros, a característica de cada um. Estava treinando normalmente. Falta um pouco de ritmo de jogo, mas vou conversar com a comissão técnica para eu possa jogar o quanto antes e o maior tempo possível", declarou.

Caso seja confirmado, o atacante deve ocupar a vaga de Jajá, que vinha atuando no lugar de Leandro Damião, que, por sua vez, está com a seleção brasileira. Assim, Rafael Moura atuaria ao lado de Forlán, a quem fez questão elogiar. "O Forlán é um jogador extraordinário. Sou fã dele. Acompanhei a Copa do Mundo em que ele foi muito bem. Temos tudo para ajudar um ao outro dentro de campo".

Além de Damião, o ataque do Inter também sente a falta de Dagoberto, que está contundido. Para evitar comparações com os outros atacantes, Rafael Moura explicou seu estilo de jogo. "Sou um centroavante, que gosta de jogar tendo a bola ou sendo municiado. Venho para somar".

Revelado pelo Atlético-MG, o atacante passou por Vitória, Paysandu, Corinthians, Fluminense, Lorient, da França, Atlético-PR e Goiás antes de voltar para o Fluminense. Mesmo sem nunca ter atuado no Rio Grande do Sul, o jogador garantiu que se identifica com o estilo gaúcho de jogo. "Há alguns anos que venho observando o estilo do futebol gaúcho, de muita garra, sem bola perdida. Imaginava que poderia me adaptar bem".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterRafael Moura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.