Rafael Moura se arrepende de reclamar da reserva

O atacante Rafael Moura admitiu nesta sexta-feira que errou ao reclamar, há uma semana, da condição de reserva do Fluminense. Depois de ser escalado como titular e marcar um dos gols da vitória do Fluminense sobre os Argentinos Juniors, por 4 a 2 - placar que garantiu a classificação do clube para a próxima fase da Libertadores -, na última quarta-feira, o jogador mostrou-se arrependido de ter exposto a sua insatisfação.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2011 | 19h19

No domingo, contra o Flamengo, no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, ele vai começar jogando, já que Emerson, então titular, foi afastado pela diretoria e negocia sua rescisão contratual.

"Naquela oportunidade falei em insatisfação, mas hoje trocaria essa palavra por acomodação. Um guerreiro não pode se acomodar, tem que sempre querer estar na batalha. E comigo não é diferente. Sabia que teria uma nova oportunidade" disse Rafael Moura.

Com a saída de Emerson, ele passa a disputar a condição de parceiro de Fred no ataque do Fluminense com Araújo. A titularidade contra o Argentinos Juniors mostra que Moura é o preferido do treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.