Rafael Moura volta a marcar e Fluminense passa em primeiro

Ele garantiu a vitória por 1 a 0 em Volta Redonda, na última rodada da fase de grupos

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 19h58

RIO - Com o Fluminense precisando vencer o Madureira para escapar do Flamengo nas semifinais da Taça Guanabara, Rafael Moura voltou a decidir. O atacante fez seu quinto gol em três jogos desde seu retorno ao Fluminense e garantiu a vitória da equipe por 1 a 0 em Volta Redonda, na última rodada da fase de grupos do primeiro turno do Carioca.

A cabeçada do atacante rendeu mais do que três pontos; garantiu a primeira colocação do Grupo B e evitou o confronto com o Flamengo. O resultado colocou o Boavista no caminho tricolor nas semifinais da Taça Guanabara.

Não foi uma atuação de brilho da equipe de Muricy Ramalho, que jogava com alguns desfalques. O treinador decidiu poupar todos os jogadores que tinham dois cartões amarelos e que poderiam ser suspensos para o confronto eliminatório que definirá o finalista da Taça Guanabara. Leandro Euzébio, Carlinhos, Valencia, Edinho e Diguinho foram preservados.

"Foi um jogo muito difícil. Tivemos muitas dificuldades. Mas conseguimos a vitória", reconheceu o atacante Araújo, que substituiu Souza durante a partida.

Depois de um primeiro tempo com pouquíssimas situações de gol, o Fluminense entrou um pouco mais determinado para a segunda etapa. Certamente sabedores de que o Botafogo empatava em sua partida no Engenhão, contra o Macaé, os jogadores tricolores mostraram um pouco mais de ímpeto.

Rafael Moura, mais uma vez, se mostrou letal no jogo aéreo. Aos 15 minutos, ele testou livre na pequena área, mas acertou o travessão. Aos 29, porém, se redimiria. Aproveitando cobrança de falta pela direita, o atacante apenas desviou de leve para matar qualquer chance de defesa do goleiro Cléber.

FLUMINENSE - 1 - Ricardo Berna; Mariano, Gum, Digão e Júlio César; Diogo (Marquinho), Fernando Bob, Conca e Souza (Araújo); Rafael Moura (Rodrigunho) e Fred. Técnico - Muricy Ramalho.

MADUREIRA - 0 - Cléber; Ivonaldo, Luiz Otávio, Valdir e Nill; Arthur Sanches, Caio Cezar e Vinícius Freitas (Marcelo Ramos) e Rodrigo; Maciel (Adriano Magrão) e Edivaldo (Baiano). Técnico - Antônio Carlos Roy.

Gol - Rafael Moura, aos 29 minutos do segundo tempo; Árbitro - Wagner do Nascimento Magalhães; Cartões amarelos - Luiz Otávio, Vinícius Freitas, Arthur Sanches, Nill e Adriano Magrão; Renda e público - Não disponíveis; Local - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Veja também:

link Flamengo fecha turno com 100% e pega o Botafogo na semi da Taça Rio

link Botafogo vacila em casa e empata com o Macaé

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.