Lucas Bois|Light Press|Divulgação
Lucas Bois|Light Press|Divulgação

Rafael Silva minimiza horário de clássico e vê Cruzeiro preparado

Encontro de domingo pelo Campeonato Mineiro será às 11h

Estadão Conteúdo

22 de março de 2016 | 15h47

Atlético-MG e Cruzeiro farão um clássico inusitado neste domingo, pelo Campeonato Mineiro. Por pedido da tevê, os rivais se enfrentarão às 11 horas, no Independência. A mudança de horário trará algumas dificuldades aos jogadores, principalmente em relação ao clima e à alimentação, mas nada que incomode o atacante Rafael Silva, que vive grande momento com a camisa celeste.

"Tranquilo. Quando era moleque, qualquer hora era hora de jogar bola. Jogava na chuva, de noite, de madrugada. Na hora do jogo, ninguém vai lembrar disso. A gente já vem treinando neste horário. Não muda muita coisa. O que deve mudar é esse calor, mais intenso. Mas estamos preparados", declarou nesta terça-feira.

Contratado junto ao Vasco para esta temporada, Rafael Silva aproveitou-se da sequência de lesões de Willian para ganhar uma vaga entre os titulares e conquistar a torcida. Ele já é o artilheiro da equipe na temporada, com cinco gols em nove partidas, e também está se surpreendendo com a rápida adaptação ao clube.

"A gente se prepara e sempre quer começar desta maneira. Claro que muitas vezes demora a engrenar. Realmente me surpreendi por fazer gols em um curto tempo de preparação. Agora é almejar coisas maiores", disse.

O Cruzeiro lidera o Campeonato Mineiro com 20 pontos, três à frente do Atlético-MG, e vem embalado pela vitória de virada sobre o Villa Nova no último fim de semana. "A vitória deu mais confiança para o clássico. Acho que minha atuação não foi tão boa, mas pude fazer um gol para ajudar o Cruzeiro", lembrou Rafael Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.