Lavandeira Jr/EFE
Lavandeira Jr/EFE

Rafinha brilha com dois golaços e Celta faz 6 a 0 no Alavés pelo Espanhol

Equipe de Vigo se recupera após quatro jogos sem vencer e abre quatro pontos de vantagem da zona de rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

21 de junho de 2020 | 12h10

O Celta de Vigo se recuperou em grande estilo da série de quatro partidas sem vencer no Campeonato Espanhol, considerando os jogos antes da pandemia do novo coronavírus. Neste domingo, a equipe de Vigo arrasou o Alavés ao vencer por 6 a 0 em duelo da 30ª rodada da competição. O meia brasileiro Rafinha Alcântara foi o destaque da partida ao marcar dois golaços.

O triunfo descola o Celta da zona de rebaixamento, de modo que deixa a equipe na 16ª colocação, com 30 pontos, quatro a mais que o Mallorca, que abre o grupo do descenso. O Alavés, que venceu apenas um dos últimos cinco confrontos, tem 35 pontos e ocupa o 13º lugar.

O Celta definiu o triunfo ainda no primeiro tempo, ao abrir 4 x 0. Murillo abriu o placar de cabeça e Iago Aspas ampliou em cobrança de pênalti. A vida dos anfitriões ficou ainda mais fácil depois que Aguirregabiria acertou as travas da chuteira no adversário e foi expulso.

Filho do tetracampeão mundial Mazinho, Rafinha apareceu no fim da primeira etapa para marcar dois belos gols em sequência, aos 40 e 41 minutos. Primeiro, o meia, que está emprestado pelo Barcelona ao Celta, acertou lindo chute colocado da entrada da área no ângulo direito do goleiro.

Depois, Rafinha aproveitou a sobra de bola e pegou de primeira, mandando no canto esquerdo do gol. Segundo a imprensa espanhola, o clube de Vigo deve exercer a opção de compra e adquirir em definitivo o brasileiro ao final da temporada.

Na etapa final, Nolito fez o quinto convertendo penalidade e deu a assistência para Santi Mina marcar o sexto no final e sacramentar o passeio em Vigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.