(Twitter/São Paulo FC)
(Twitter/São Paulo FC)

Rafinha exalta nível do Paulistão, cita evolução do São Paulo e não vê favoritos

Lateral-direito garante 100% de foco no duelo com o São Bernardo elas quartas de final

Redação, Estadão Conteúdo

21 de março de 2022 | 15h19

O lateral-direito Rafinha destacou a evolução do São Paulo ao longo da primeira fase do Campeonato Paulista e avaliou que não existem favoritos na fase de mata-mata. O jogador disse estar surpreso com o nível do torneio e 100% focado no duelo com o São Bernardo pelas quartas de final.

"Nós não começamos muito bem no campeonato, mas a gente enfrentou alguns problemas como a covid19 e isso acabou atrapalhando um pouco. O trabalho do Rogério (Ceni) está sendo muito bem feito e, se tem um ponto para destacar, é o nosso coletivo. Todos os jogadores estão se sentindo importantes e tendo a oportunidade de jogar. Isso é bom que não cai o nível e, se mudar peças durante o jogo, não vai fazer diferença", afirmou o lateral.

"Nossa equipe está criando corpo e ficando consistente por vários quesitos. Estamos em uma crescente, mas temos que ficar com o pé no chão. Além dos times considerados grandes, os outros times estão vindo muito fortes, para mim é até uma novidade um campeonato tão nivelado. Tem muitas equipes na Série B do Brasileiro, é um campeonato muito difícil. Acho que todos têm condição de conquistar o título", continuou o jogador de 36 anos.

Disputando o Campeonato Paulista pela primeira vez, o jogador vê o título como uma forma de trazer tranquilidade ao longo do ano. O lateral citou o entrosamento do Palmeiras, mas disse que tudo pode acontecer no mata-mata.

"Sei da responsabilidade que é disputar um Estadual, principalmente o Campeonato Paulista que é um dos melhores do Brasil. É muito difícil. A responsabilidade de defender o atual campeão é grande. Estamos preparados, é um título que, principalmente para mim, vai contar muito porque não tenho esta conquista. E claro, dá uma liberdade muito grande para a gente trabalhar no decorrer do ano", disse Rafinha.

"O Palmeiras é um time que vem jogando há algum tempo junto, isso é claro. Mas nesta fase não convém apontar um favorito. Nosso foco é o São Bernardo, é uma decisão para a gente e temos que encarar com toda seriedade do mundo. Jogamos em casa contra eles e precisamos impor nosso ritmo por jogar em casa", completou o jogador.

Rogério Ceni finalizou a preparação para o próximo jogo com um treinamento na manhã desta segunda-feira no CT da Barra Funda. O treinador comandou uma atividade tática com a equipe titular e também fez trabalhos específicos em cada posição. Os defensores treinaram bola parada e os laterais, meio-campistas e atacantes focaram nas movimentações ofensivas.

O meia Gabriel Neves treinou junto do restante do elenco após se recuperar de uma lesão muscular. O jogador ainda é dúvida para o jogo desta terça-feira, que terá Gabriel Sara como desfalque. O jogador segue se recuperando de lesão, assim como o zagueiro Walce. Durante a entrevista coletiva dada após o treino desta segunda-feira, Rafinha ainda comentou sobre como sua experiência pode ajudar no ambiente do grupo, inclusive para os jogadores mais jovens.

"Procuro sempre deixar o ambiente mais tranquilo e fazer essa mescla entre os mais jovens e mais experientes. Eu sempre fui um jogador muito vitorioso e o mais importante é sempre o próximo, estou sempre preparado e me dedicando 100% e isso contagia. Quando um jogador da minha idade, já caminhando para o fim da carreira, é visto se dedicando, isso contagia. Sempre fui muito competitivo e, enquanto puder, quero dar 100% nos treinamentos e nos jogos", finalizou.

Por ter melhor campanha, o São Paulo jogará a partida única das quartas de final em casa, no estádio do Morumbi, contra o São Bernardo. O jogo acontece nesta terça-feira, às 20h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.