Lucas Figueiredo|Mowa Press
Lucas Figueiredo|Mowa Press

Rafinha também pode ser cortado da seleção brasileira nos EUA

Permanência do jogador depende da evolução do tratamento

Almir Leite e Gonçalo Junior, Enviados especiais a Denver

28 de maio de 2016 | 13h49

Depois de perder Douglas Costa por lesão muscular e Ricardo Oliveira antes mesmo da apresentação oficial, o técnico Dunga também pode perder o meia-atacante Rafinha, do Barcelona. O treinador afirmou na manhã deste sábado que a permanência do jogador depende da evolução do tratamento da lesão nos próximos dias.

"Para amanhã (sábado), não. Para depois de amanhã (domingo), também não (recuperação de Rafinha). Estamos fazendo um esforço para manter o Rafinha, mas vai depender da evolução da lesão nos próximos dias", afirmou o treinador em entrevista coletiva neste sábado.

Rafinha ainda não treinou com a seleção brasileira. Ele se apresentou na terça-feira, mas foi preservado por dores musculares juntamente com Douglas Costa. No dia seguinte, o jogador do Bayern de Munique foi cortado - Kaká foi chamado em sua lugar. Rafinha, no entanto, não está recuperado, mas a comissão técnica decidiu aguardar por sua recuperação.

A escalação da seleção brasileira para o amistoso diante do Panamá, neste domingo, será definida no treino da tarde deste sábado. O treinador afirmou que prefere avaliar como os jogadores vão reagir aos trabalhos físicos realizados durante a semana. "Vai depender da carga de trabalho que foi feita. Temos jogadores em meio de temporada e outros no final", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.