Guilherme Branco/Atlético
Guilherme Branco/Atlético

Raio atinge campo em duelo da Copinha e atleta do Água Santa deixa o gramado de ambulância

Henrique, do Água Santa, precisou ser atendido pelos médicos, mas passa bem

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2019 | 17h32
Atualizado 14 de janeiro de 2019 | 21h07

O Atlético-MG venceu o Água Santa por 1 a 0, no estádio Distrital de Inamar, em Diadema, pela Copa São Paulo, mas a partida ficou marcada pelo atendimento ao zagueiro Henrique, do Água Santa, que precisou deixar o estádio em uma ambulância, após se sentir mal depois de um raio atingir o gramado. Pouco tempo depois, ele postou um vídeo em que dizia estar bem. 

O jogo precisou ser encerrado minutos antes de seu final previsto. Henrique deixou o estádio na ambulância. Horas depois, o jogador gravou um vídeo tranquilizando os familiares. "Quero informar aos meus familiares que estou bem, foi só um susto. Eu estou bem. Obrigado pelo apoio", disse Henrique. 

O goleiro do Atlético-MG, Matheus Mendes, que também chegou a se sentir mal, mas não precisou de atendimento, comentou sobre a situação.  "O raio caiu aqui atrás, deu para ver. A cabeça doeu e senti um negócio ruim. Parece que subiu assim e tive que sair correndo para sentar no banco", disse o goleiro, em entrevista ao canal ESPN Brasil. 

Nas oitavas de final, o Atlético-MG vai enfrentar o Volta Redonda ou a Portuguesa.  

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.