Raio mata jogador da Colômbia

O ex-jogador da seleção colombiana Hermán Gaviria, de 33 anos, morreu, nesta quinta-feira, após ser atingido por um raio durante treinamento de seu clube, o Deportivo Cali, líder do campeonato nacional daquele país. Segundo o departamento médico do clube, Gaviria, que disputou a Copa do Mundo de 1994, foi levado a Clínica Valle de Lili, em Cali (a 470 quilômetros de Bogotá), juntamente com seus companheiros Giovanny Córdoba e Carlos Alvarez, que também foram afetados pela descarga elétrica. O estado deles é estável. O volante Gaviria retornou ao Deportivo Cali, após atuar duas temporadas no futebol japonês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.