Enric Fontcuberta/EFE
Enric Fontcuberta/EFE

Rakitic diz que clássico pode 'definir o resto da temporada' para o Barça

Meia croata pede que equipe "faça o próprio jogo" diante do time merengue, 11 pontos atrás na tabela

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2017 | 18h38

O Barcelona encara o Real Madrid neste sábado, no Santiago Bernabéu, sabendo que uma vitória tira de vez o rival da briga pelo título do Campeonato Espanhol. Para o meia Rakitic, porém, a importância do confronto vai além. O croata considerou que um triunfo na capital do país poderá dar ao time catalão a confiança necessária para arrancar na segunda parte da temporada.

Atlético de Madrid denuncia Barcelona à Fifa por assédio a Griezmann

"Este Real Madrid x Barça pode definir o que resta da nossa temporada. Queremos terminar o ano com o melhor resultado possível", declarou em entrevista ao site do clube. "A vontade é imensa de vencer esta partida. Temos uma sequência positiva e esperamos que não acabe."

Líder disparado do Campeonato Espanhol, o Barcelona tem 42 pontos, 11 à frente do Real Madrid, que é apenas o quarto colocado, com um jogo a menos. O time catalão ainda não perdeu na competição ou na Liga dos Campeões e tenta ampliar uma sequência invicta que já dura 24 partidas, justamente desde o último duelo diante do Real, ainda pela Supercopa da Espanha.

"No clássico, não temos que mudar nossa ideia de jogo, temos que tentar ser o que somos e fazer nosso jogo", considerou Rakitic. "A vontade e o desejo que este grupo tem são vistos a cada partida. Em todas as fases dos jogos, estamos muito unidos. Agora, vencemos partidas que nos custava, e isso não é casualidade."

O croata ainda se colocou à disposição do técnico Ernesto Valverde para o que precisar e destacou o desejo de ter mais uma temporada vencedora no Barcelona. "Podem contar sempre comigo. Sempre quero trabalhar ao máximo e estar à disposição da equipe. Não gosto de faltar nem a um treinamento", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.