Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Ralf comenta sobre importância de ganhar a Copa do Brasil: 'É a única que falta'

Volante já foi campeão do Mundial, Libertadores, Sul-Americana, Brasileiro e Paulista pelo time alvinegro

João Prata, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2018 | 16h25

Pelo Corinthians, o volante Ralf já levantou o título de campeão brasileiro (duas vezes), paulista (duas vezes), da Libertadores, do Mundial, e da Recopa Sul-Americana. Falta apenas a Copa do Brasil, que ele tem a primeira oportunidade de conquistar.

"É de suma importância vencer. É o que falta para mim com a camisa do Corinthians. A gente respeita o Cruzeiro, é um grande time, tem um excelente treinador. Temos que esquecer o Brasileiro e pensar no Cruzeiro. Pensar em fazer um grande primeiro jogo para ter condição de ser campeão diante do nosso torcedor", disse o jogador em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Ralf voltou ao Corinthians no início da temporada e está em sua segunda passagem. A primeira foi entre 2010 e 2015, quando levantou todas essas taças. "Não me vejo com outra camisa, tive oportunidade de ir para rivais, mas sei que é diferente. Tudo o que construí foi através do Corinthians. Respeito todas as equipes, mas todos sabem como sou grato ao Corinthians", complementou

No primeiro período que atuou pelo Corinthians, Ralf foi comandado pelo técnico Mano Menezes, que hoje está à frente do Cruzeiro. "Ele é como sempre foi no Corinthians, joga por uma bola, sabe se defender muito bem, tem uma equipe leve no Cruzeiro, jogadores de qualidade que numa bola parada podem decidir o jogo. Temos que saber jogar a estratégia dele, saber jogar os 90 minutos", analisou. 

O Cruzeiro é o atual campeão da Copa do Brasil e, ao lado do Grêmio, é também o time que mais levantou a taça da competição, cinco no total. A última conquista já tinha Mano Menezes no comando. O treinador pode ser considerado um especialista na competição, pois foi com ele que o Corinthians foi campeão em 2009.

Por isso, Ralf falou que é importante o time jogar fechado no jogo de ida, que acontecerá na próxima quarta-feira, no Mineirão. "A gente tem que saber jogar essa competição, como a Libertadores. Não perdemos fora, temos maior chance de ser campeão, a estratégia tem que ser a mesma. Vamos tentar vencer, mas não perdendo lá temos grande chance de ser campeões diante do nosso torcedor", comentou.

O Corinthians está invicto na Copa do Brasil. Fora de casa, empatou com o Vitória (0 a 0) nas oitavas, venceu a Chapecoense (1 a 0) nas quartas, e empatou com o Flamengo (0 a 0) na semifinal. No duelo com o time carioca, o técnico Jair Ventura armou o time com três volantes. A equipe finalizou o jogo sem finalizar a gol, mas voltou para São Paulo precisando de uma vitória simples para se classificar. E ela veio: 2 a 1, em Itaquera. 

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Corinthians Ralf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.