Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Ramiro admite má fase do Corinthians, mas promete luta até o fim por Libertadores

Equipe precisa vencer os dois últimos jogos e torcer para que Santos não vença os seus para alcançar a vaga

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2021 | 21h57

A fase do Corinthians não é boa. Após a derrota para o Santos na Vila Belmiro, o meia Ramiro admitiu a situação complicada na briga do time por vaga na Libertadores, mas não desistiu de buscar a vaga no torneio continental.

"Temos de assumir nossos erros, o adversário fez o gol, tivemos chance e não soubemos fazer. É difícil, mas temos possibilidade de classificar. Temos que honrar essa camisa até o final para colocar esse time na Libertadores", afirmou Ramiro após a partida.

"Ruim, indignação, a gente fica triste, sempre entra para ganhar, deixamos cair nessa reta final que podia selar nossa classificação para a Libertadores. Enquanto tivermos chances, vamos brigar até o final", prometeu o volante. Nos nove jogos que fez em 2021, o Corinthians venceu apenas três, contra Fluminense, Sport e Ceará, e sofreu cinco derrotas.

Com o resultado, a situação do Corinthians para conseguir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores se complica muito. Para entrar no G-8, a equipe precisa vencer seus últimos dois jogos, torcer para que o Santos não vença nenhum dos dois seus e para que o Athletico-PR tropece ao menos uma vez.

Nas últimas rodadas, o Corinthians enfrenta Vasco em casa e Internacional fora; o Santos recebe o Fluminense e visita o Bahia, e o Athletico-PR joga com o Grêmio em Porto Alegre e o Sport em Curitiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.