Rodrigo Gazzannel / Agência Corinthians
Rodrigo Gazzannel / Agência Corinthians

Ramiro diz que Corinthians pode crescer nas últimas rodadas do Brasileirão

Atleta considera que time está mudando o estilo e conseguindo propor mais o jogo

Dani Arruda, especial para o Estado, Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2019 | 04h30

O meio-campo Ramiro afirmou que o Corinthians está assimilando a nova metodologia de trabalho do técnico interino Dyego Coelho e tem margem para crescer de rendimento nas últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro.

Na visão do jogador, o Corinthians foi superior ao Botafogo, apesar da derrota por 1 a 0, no Engenhão. Com o resultado, o Corinthians chega a três partidas sem vitória.

“Acho que o time vem crescendo, mudando nosso estilo de jogo nessa reta final de campeonato e estamos conseguindo propor mais o jogo. Criamos mais possibilidades de gols que o Botafogo e isso é importante. Eles chegaram duas ou três vezes e fizeram o gol. Nós não conseguimos converter as chances em gols. O que faltou hoje, de fato, foi a bola na rede”, disse Ramiro.

Depois de perder para o Botafogo, o Corinthians terá pela frente, na sequência: Avaí (casa), Atlético-MG (fora), Ceará (fora) e Fluminense (casa).

“Saímos tristes pelo resultado, mas felizes pela atuação do time. Sabemos que temos margem para melhorar nos próximos jogos e recuperar os pontos perdidos hoje”, completou.

Sobre a troca na filosofia de trabalhando entre o ex-treinador Fábio Carille e Dyego Coelho, Ramiro disse que o time está tentando se adaptar a um estilo de jogo mais ofensivo.

“É pouco tempo de trabalho e estamos assimilando o mais rápido possível. Vamos continuar jogando da mesma forma que fizemos contra o Botafogo, sendo mais agressivos e propondo o jogo, para que a gente consiga somar o maior número de pontos nesses quatro jogos”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.