Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Ramiro é poupado e Sornoza volta a treinar entre os titulares do Corinthians

Volante ficou na academia e atacante se recuperou da pancada no tornozelo esquerdo

João Prata, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2019 | 18h10

O técnico Fábio Carille não contou com o volante Ramiro no trabalho com bola desta quinta-feira. O novo reforço do Corinthians ficou na academia fazendo fortalecimento muscular, mas não deve ser problema para a estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra o São Caetano, em Itaquera.

O treinador repetiu a escalação que vinha testando ao longo da semana, com a dupla de zaga formada por Marllon e Henrique. A boa notícia foi a presença de Sornoza, que havia levado uma pancada no treino de quarta-feira. Com isso, Pedrinho voltou a atuar pelos reservas. Thiaguinho entrou na vaga de Ramiro.

Também seguiram de fora o volante Ralf, com dores na coxa direita, o atacante Clayson, com problema no tornozelo direito, além de Renê Júnior e Gabriel, que estão em fase final de recuperação de lesão. Romero, ainda sem acertar a renovação de contrato, também ficou de fora do coletivo. Todos esses estão fora da estreia.

O treino foi acompanhado pelo diretor de futebol, Duílio Monteiro Alves, além do gerente Vilson Menezes e do coordenador Emerson Sheik. Ao final do coletivo, Carille chamou Vilson e Emerson Sheik e conversou rapidamente.

O treinador aguarda por mais alguns reforços para definir os inscritos no Campeonato Paulista. Podem chegar o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que está encostado no Sevilla e o atacante Vagner Love, que tenta a rescisão com o Besiktas por estar sem receber salários há sete meses. 

Carille também espera pela regularização do zagueiro Manoel, que concedeu coletiva nesta quinta, e pela renovação de Romero. O clube tem até o final do dia de hoje para enviar à Federação Paulista de Futebol uma lista inicial com os inscritos. A lista final pode ser mandado até primeiro de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.