Ramiro fará cirurgia no joelho e vai desfalcar o Grêmio por 6 meses

O Grêmio terá uma baixa na sequência da temporada 2015. Nesta segunda-feira, o médico Felipe do Campo confirmou que o volante Ramiro sofreu uma ruptura no ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo, precisará ser operado e deverá ficar afastado dos gramados por aproximadamente seis semanas.

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2015 | 14h21

Ramiro se contundiu no último domingo, durante a vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o Juventude, no Alfredo Jaconi, pelas semifinais do Campeonato Gaúcho. O volante, então, precisou ser substituído ainda no primeiro tempo do duelo em Caxias do Sul. E exames posteriores detectaram a gravidade da lesão, que levará o jogador a ser operado, em data ainda a ser definida.

No início deste ano, durante a pré-temporada, Ramiro já havia sofrido lesão no joelho esquerdo. Agora, o problema é mais grave. E sem o jogador, o técnico Luiz Felipe Scolari ainda tem à disposição Fellipe Bastos, Maicon, Walace, Marcelo Oliveira, que também é utilizado na lateral esquerda, Araújo, Arthur e Balbino para a função de volante.

Após triunfar diante do Juventude, o Grêmio volta as suas atenções para a Copa do Brasil, pois na próxima quarta-feira vai receber o Campinense na Arena no jogo de volta da primeira fase. O time gaúcho está em vantagem, pois venceu o jogo de ida por 2 a 1.

Nesta segunda-feira, os titulares diante do Juventude fizeram uma atividade regenerativa na academia. Os demais atletas do elenco trabalharam em campo reduzido sob supervisão de Felipão e dos auxiliares Flávio Murtosa e Ivo Wortmann. O Grêmio volta a treinar nesta terça-feira, às 15h30, na Arena.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioRamiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.