Ramon diz que Vasco precisa se impor diante do Náutico

Equipe carioca espera pressão da torcida adversária em jogo de ida das oitavas Copa do Brasil

AE, Agência Estado

12 de abril de 2011 | 13h21

O Vasco está no Recife, onde enfrenta o Náutico, nesta quarta-feira, na partida de ida pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A equipe carioca espera pressão da torcida adversária e quer se impor desde o início do jogo para levar um bom resultado para o Rio de Janeiro.

"Vamos ter um jogo muito difícil contra o Náutico, com muita pressão da torcida adversária. Só que vamos entrar em campo para buscar a vitória. Sabemos das dificuldades, mas temos que impor nosso ritmo para conseguir a vitória", declarou o lateral Ramon ao site oficial do Vasco.

A equipe carioca tem enfrentado uma maratona de jogos nos últimos dias. Em duas semanas, foram cinco partidas disputadas. Apesar de admitir o cansaço, o jogador afirmou que esse esforço será recompensado.

"Tivemos uma maratona difícil com três jogos decisivos na mesma semana e agora temos mais um jogo importante na quarta-feira. É lógico que existe um cansaço, mas tudo que vem fácil na nossa vida vai embora fácil. Já aquilo que conseguimos com trabalho árduo tem uma recompensa lá na frente. Vamos em busca dos títulos tanto da Copa do Brasil como do Carioca", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilVascoRamon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.