Divulgação
Divulgação

Rangers recusa proposta de compra do dono do Phoenix Suns

Em grave crise financeira, clube escocês rejeita valor de R$ 74 milhões para ser adquirido por proprietário de equipe da NBA

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2015 | 15h21

O Rangers rejeitou nesta terça-feira, uma proposta de aquisição realizada pelo proprietário do Phoenix Suns, Robert Sarver, embora o clube escocês sofra com graves problemas financeiros. "Os diretores acreditam que, não obstante as atuais dificuldades financeiras, a proposta não valoriza adequadamente uma participação de controle", disse o Rangers.

Sarver fez uma oferta de 18 milhões de libras (aproximadamente R$ 74 milhões) pela equipe. O Rangers anunciou em um comunicado à Bolsa de Londres que, apesar da rejeição, sugeriram a Sarver para que realize outros investimentos, porque o clube precisa de recursos extras antes do fim de janeiro. "O conselho convidou Sarver a considerar participar de outras discussões ao lados dos acionistas", afirmou.

Também proprietário do Phoenix Mercury, time de basquete feminino que disputa a WNBA, Sarver disse em um comunicado para a Bolsa de Londres que acreditava que o seu apoio iria levar o Rangers, atualmente na segunda divisão da Escócia, a voltar para a elite do torneio nacional, vencido 54 vezes pelo clube. 

"Eu acredito que o clube precisa hoje é de uma rápida e importante injeção de capital para estabilizar as coisas e posso dar aos torcedores do Rangers a garantia de que tenho os recursos e a capacidade de levar esse clube de volta ao seu nível de elite", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolRangers

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.