(Rafael Ribeiro/ Vasco da Gama)
(Rafael Ribeiro/ Vasco da Gama)

Raniel marca, Vasco supera o Audax e garante vaga nas semifinais do Carioca

Equipe comandada por Zé Ricardo agora tem 19 pontos, dois a menos que o líder Fluminense

Redação, Estadão Conteúdo

20 de fevereiro de 2022 | 20h37

O Vasco continua na perseguição ao líder Fluminense. Na noite deste domingo, derrotou o Audax pelo placar de 1 a 0, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela oitava rodada da Taça Guanabara, se garantindo nas semifinais. De quebra, ultrapassou o Flamengo, que ficou ausente na rodada por ter disputado a Supercopa do Brasil frente ao Atlético-MG.

O triunfo levou o Vasco aos 19 pontos, apenas dois atrás do Fluminense. O Flamengo, por sua vez, acabou caindo para a terceira posição, com os mesmos 16 do Botafogo, também com uma partida a menos. Já o Audax ficou em sétimo, com sete.

Ainda neste domingo, o Nova Iguaçu deixou a zona de rebaixamento ao bater o Bangu por 1 a 0. Além de desencantar, chegou aos cinco pontos, na frente apenas do Boavista, com dois. Já no Luso-Brasileiro, em duelo pelo meio de tabela, Portuguesa e Madureira ficaram no empate sem gols.

O primeiro tempo entre Audax e Vasco foi morno. Tentando impedir que o Fluminense se isolasse na liderança da Taça Guanabara, o time cruzmaltino começou em cima e criou boa chance aos quatro minutos. Após escanteio de Gabriel Pec, Anderson Conceição cabeceou para grande defesa do goleiro Max.

O mesmo Gabriel Pec teve nova oportunidade de abrir o placar, mas mandou para fora. Apesar de ter posse de bola, o Vasco não conseguiu pressionar e fez a partida cair de produção. O Audax não deu muito espaço para o adversário e foi buscar o ataque apenas no fim. A melhor chance foi com Hugo Sanches, que recebeu de Grafite e desviou caprichosamente pela linha de fundo. Mas antes, após erro bisonho de Luis Cangá, Carlinhos ficou cara a cara com Thiago Rodrigues, mas se enrolou todo e perdeu a bola.

Diferentemente da primeira etapa, o segundo tempo começou quente. Em cobrança de falta, Hugo Sanches colocou Thiago Rodrigues para trabalhar. O goleiro fez grande defesa para salvar o Vasco, que não deixou de atacar e abriu o placar aos 13 minutos. Jhon Sánchez recebeu de Gabriel Pec dentro da área e ajeitou para Raniel, que só teve o trabalho de empurrar para fazer 1 a 0.

O gol saiu logo após as alterações de Zé Ricardo. O treinador fez logo três mudanças para jogar o time do Vasco ao ataque, e o resultado acabou sendo imediato. E o time visitante continuou em cima e por muito pouco não chegou ao segundo. Aos 35 minutos, em mais uma cobrança de escanteio de Gabriel Pec, a bola chegou em Matheus Barbosa, que acertou o travessão.

Em vantagem, o Vasco tirou o pé do acelerador, se fechou e dificultou ainda mais a vida do Audax, que não conseguiu criar na etapa final. A equipe aceitou o resultado e viu o adversário vencer mais uma na competição.

Na próxima rodada, o Vasco faz o clássico contra o Fluminense no sábado, às 17h, no Nilton Santos, no Rio. Já o Audax entra em campo na quinta-feira, às 15h30, frente ao Bangu, em Moça Bonita.

FICHA TÉCNICA

AUDAX 0 X 1 VASCO

AUDAX - Max; Lucas Mota (Léo), Cassius, Thomáz e João Vitor; Romarinho (Maxwell), Fernando Medeiros e Hugo Sanches; Carlinhos (Vinícius), Fidel (Thiago Aperibé) e Grafite (Fábio Azevedo). Técnico: Alex Alves.

VASCO - Thiago Rodrigues; Ulisses, Luis Cangá (Jhon Sanches) e Anderson Conceição; Weverton, Matheus Barbosa, Galarza (Zé Gabriel), MT (Getúlio), Gabriel Pec (Laranjeira) e Edimar; Raniel (Figueiredo). Técnico: Zé Ricardo.

GOLS - Raniel, aos 13 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Bruno Mota Correia.

CARTÕES AMARELOS - Fábio Azevedo, Hugo Sanches, Maxwell e Lucas Mota (Audax); Galarza, Jhon Sanches, Luis Cangá e Zé Gabriel (Vasco).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.