Jason Cairnduff/Reuters
Jason Cairnduff/Reuters

Barcelona encaminha acordo para ter Raphinha; jogador poderá custar R$ 327 milhões ao clube

Atleta do Leeds e da seleção brasileira é agenciado por ex-meia Deco e está perto de se transferir para o time espanhol

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2022 | 10h27

O Barcelona anunciou, nesta quarta-feira, que chegou a um princípio de acordo com o Leeds United para a contratação do brasileiro Raphinha. Para que a negociação seja concretizada, será necessário apenas que o atleta seja aprovado nos exames médicos a serem realizados nos próximos dias.

O clube catalão divulgou em seu site oficial que "Barcelona e o Leeds United chegaram a um acordo de princípio para a transferência de Raphael Dias Belloli, o Raphinha, enquanto se aguarda o exame médico do jogador". Com isso, o Barcelona vence a disputa com Chelsea e Arsenal, que também revelaram desejo em ter o atleta. O valor da transação poderá atingir 60 milhões de euros (cerca de R$ 327 milhões pelo câmbio atual).

Raphinha, de 25 anos, deverá ser um dos convocados pelo técnico Tite para integrar a seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar no fim do ano. O atacante, que teve início de carreira no Avaí, foi para Vitória Guimarães, de Portugal, em 2016, e depois de duas temporadas se transferiu para o Sporting. Natural de Porto Alegre, Raphinha foi para o Rennes em 2019, equipe francesa na qual ficou por um ano. Passou para o Leeds em 2020 e marcou 17 gols pelo time de Elland Road.

Em 67 partidas pelo Leeds, Raphinha marcou 17 gols e deu 12 assistências. O jogador é um pedido expresso de Xavi Hernández, técnico do Barça. Enquanto as diretorias não batem o martelo, o Chelsea monitora o negócio e estaria disposto a pagar 60 milhões de euros para dar um chapéu no clube catalão e levar o brasileiro para Londres. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.