"Rasteira" frustra sul-americanos

Os sul-americanos foram decisivos para a reeleição de Joseph Blatter à presidência da Fifa, no meio do ano. Como presente de Natal, ficaram sabendo durante a semana que a região que tem maior número de títulos mundiais (9 contra 8 da Europa) perdeu uma vaga para a Copa de 2006. A entidade que controla o futebol decidiu que caberá à América do Sul quatro lugares, dentre os 32 times que disputarão o torneio na Alemanha. Com isso, perdem a possibilidade de brigar pela quinta vaga, na repescagem com a Oceania, como ocorria anteriormente. Agora, o continente menos expressivo tem lugar garantido.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.