Ratinho é a única dúvida do Botafogo

Se a Ponte Preta terá a volta de Piá para o próximo domingo, o principal jogador do Botafogo, o atacante Luciano Ratinho, ainda é dúvida. Ele sentiu um estiramento muscular na coxa esquerda no início da semana e não treinou desde então. Sua escalação, ou ausência, só deverá ser confirmada num teste, no vestiário do Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Ratinho está confiante. "Nem quero pensar em ficar de fora desse jogo", afirma ele. O técnico Lori Sandri também demonstra otimismo e acredita que não perderá outro titular no meio-de-campo, já que Douglas está suspenso.Luciano Ratinho é o mais habilidoso e criativo do Botafogo.Marcá-lo é uma preocupação para os adversários. No primeiro jogo, em Ribeirão Preto, o treinador da Ponte Preta, Nelsinho Baptista, orientou o volante Mineiro para não desgrudar do botafoguense. Sob forte marcação, Ratinho ainda conseguiu dar o toque para Douglas abrir o placar, na vitória por 2 a 1. Porém, no último minuto, Ratinho escorregou, ao esticar a perna para dominar uma bola, e sentiu dores na coxa. "Estava com a musculatura quente na hora e achei que fosse cansaço muscular; só senti dores no dia seguinte?, diz o atacante.Uma ressonância magnética confirmou 1,5 centímetro de estiramento. Por isso, Ratinho tem feito fisioterapia numa clínica da cidade. "Ontem (9) eu estava mais preocupado, pois a dor era forte, mas hoje (10) dói menos", explicou o atacante do Botafogo, que faz tratamento das 8h30 às 19 horas, com intervalo apenas para o almoço. Ex-servente de pedreiro, Ratinho está no clube há três anos e agora só tem um sonho: jogar. Sandri acredita que terá o jogador, mas credita a contusão à falta de formação física de Luciano Ratinho, que antes atuava na várzea ribeirão-pretana.Os companheiros esperavam a recuperação de Ratinho. "Sem ele, que tem técnica apurada, perderíamos na armação de jogada ofensiva", comenta o zagueiro Rogério. "Ele prende bem a bola no meio-de-campo", emenda o goleiro Doni, que aposta na escalação do atacante. César, o reserva imediato para substituir o titular, torce pelo colega. "Torço para o Luciano Ratinho se recuperar, já que ele tem sido importante no esquema tático do treinador e faria falta", explica ele. "Mas, se não puder, estou à disposição para ajudar o Botafogo." César, descansado, tem atuado mais como lateral-direito, durante o segundo tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.