Raul rejeita boatos e garante que ficará no Schalke

O atacante Raul Gonzalez desmentiu boatos de que poderia deixar o futebol alemão ao afirmar neste domingo que pretende permanecer no Schalke. Feliz no clube de Gelsenkirchen, o jogador espanhol recusou na semana passada uma oferta do Blackburn, da Inglaterra.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 11h04

Em entrevista ao site do Schalke, Raul disse que se sente "em casa" no clube. "O carinho demonstrado pela torcida é extraordinário e inesquecível. Com certeza vou ficar no Schalke e vou honrar meu contrato", declarou o jogador, que tem vínculo com o clube alemão até 2012.

Raul, de 34 anos, disse ainda que não tem problemas com o técnico Ralf Rangnick e que "todos estão juntos e concentrados em buscar o melhor para o Schalke nesta temporada".

As especulações sobre a possível saída do espanhol surgiram na quinta-feira, quando ele foi excluído da lista de relacionados para a partida contra o HJK Helsinki, pela fase preliminar da Liga Europa.

"Eu conversei com o treinador e nós dois decidimos que eu precisava de um descanso para fazer um treino especial. Não há mais nada a falar sobre esse assunto", declarou o maior artilheiro da história da Liga dos Campeões, com 71 gols.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSchalkeRaul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.