Divulgação / Liverpool
Divulgação / Liverpool

Ray Clemence, ex-goleiro ídolo de Liverpool e Tottenham, falece aos 72 anos de idade

Causa da morte do ex-arqueiro não foi revelada para o público geral

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2020 | 18h17

A Football Association (FA), entidade que organiza o futebol inglês, anunciou neste domingo o falecimento de Ray Clemence, goleiro que marcou época na seleção inglesa, no Liverpool e no Tottenham. As causas da morte não foram reveladas. Clemence tinha 72 anos de idade.

Clemence foi revelado pelo Scunthorpe United, onde atuou entre 1965 e 1967. A partir de então, foi para o Liverpool, onde foi titular nas conquistas de cinco campeonatos ingleses, três Ligas dos Campeões, duas Copas da Uefa (atual Liga Europa) e uma Copa da Inglaterra, entre outros títulos. Em 1981, foi para o Tottenham, onde foi campeão de mais uma Copa da Uefa e mais uma Copa da Inglaterra.

Pela seleção inglesa, Clemence disputou a posição com Peter Shilton durante a maior parte da carreira. No total, esteve presente em 61 jogos da equipe.

Após a aposentadoria, Clemence ainda foi técnico do Tottenham, entre 1992 e 1993, junto com Doug Livermore, e do Barnet entre 1994 e 1996. Logo depois, virou o preparador de goleiros da seleção inglesa.

A família do ex-goleiro se manifestou. "Depois de lutar tanto, por tanto tempo, ele está agora em paz e não sente mais dor. A família gostaria de dizer um grande 'obrigado' a vocês pelo amor e apoio que ele recebeu ao longo dos anos. Ele foi muito amado por todos nós e nunca será esquecido", afirmaram os parentes de Clemence, segundo comunicado divulgado pelo Tottenham.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.