Jan Woitas/ AP
Jan Woitas/ AP

RB Leipzig vence e assume a liderança provisória do Alemão; Dortmund leva goleada

Também neste sábado, o Borussia Mönchengladbach e Hertha Berlin empataram em 1 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2020 | 14h14

A disputa pela ponta da tabela continua bastante acirrada no Campeonato Alemão. Na manhã deste sábado, pela 11ª rodada, o RB Leipzig venceu dentro de casa o Werder Bremen, por 2 a 0, e assumiu provisoriamente a liderança da competição.

Os gols marcados por Marcel Sabitzer e Dani Olmo definiram o resultado da partida que colocou o Leipzig na ponta, com 24 pontos. No entanto, a equipe espera o jogo do vice-líder Bayern de Munique, com 23 pontos, que pode retomar o posto nesta tarde se vencer o Union Berlin.

A vitória do Leipzig é a continuação do bom momento de um time que vem surpreendendo por bater de frente com gigantes do futebol europeu desde a temporada passada. Na última semana, inclusive, a equipe do técnico Julian Nagelsmann conseguiu a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões ao superar o Manchester United.

O Borussia Dortmund teve um dia para esquecer no Alemão ao tomar, dentro de casa, uma goleada de 5 a 1 do Stuttgart. O atacante congolês Silas Wamangituka foi o destaque da partida, deixando sua marca duas vezes na enxurrada de gols no estádio Signal Iduna Park.

Com o resultado, o Sttutgart sobe para a sexta posição, com 17 pontos, encostando justamente no Dortmund, que caiu para o quinto lugar, estacionado nos 19 pontos, e não vence há três jogos.

Em outro jogo já encerrado neste sábado, o Borussia Mönchengladbach empatou em 1 a 1 com o Hertha Berlin, deixando a equipe na sétima posição, enquanto os adversários subiram para 11º. Na parte debaixo da tabela, mais dois confrontos fecharam a manhã pela 11ª rodada: o Freiburg derrotou por 2 a 0 o Arminia Bielefield, o primeiro time da zona de rebaixamento, e o Colônia venceu por 1 a 0 o Mainz, afundando os adversários na vice-lanterna do campeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.