Real admite que contratar Cristiano Ronaldo é 'utopia'

Diretor Predrag Mijatovic conta que o clube espanhol não 'pode fazer nada' para tirar o jogador do Manchester

Efe,

31 de janeiro de 2008 | 10h57

O diretor esportivo do Real Madrid, Predrag Mijatovic, reconheceu que o desejo de contratar o meia-atacante português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, é uma "utopia" e, por isso, não se deve perder tempo em tentar. "Cristiano Ronaldo está em um clube grande que não quer vendê-lo, e quando estamos em uma situação como esta, por mais que se tente, não se pode fazer nada", diz Mijatovic em entrevista publicada nesta quinta-feira no jornal português A Bola. No entanto, afirma que caso o Manchester United decida incluir o meia-atacante português entre os negociáveis, o Real Madrid será o primeiro a apresentar uma proposta, já que Cristiano Ronaldo é o jogador que ele mais gostaria de trazer para o clube espanhol. Questionado pelo alto valor - 30 milhões de euros - pago pelo zagueiro brasileiro naturalizado português Pepe, Mijatovic acredita que fez a aposta certa. O diretor esportivo diz que Pepe tem tudo que um zagueiro deve ter: "É rápido, bom pelo alto, e jovem", mas ressalta que o jogador ainda não mostrou todo seu potencial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.