Real bate Atlético de Madrid e mantém tabu contra rival

MADRID - Mesmo com a cabeça na Liga dos Campeões e poupando muitos titulares, o Real Madrid venceu neste sábado o clássico diante do Atlético de Madrid, pelo Campeonato Espanhol, e manteve o tabu diante do adversário. Fora de casa, no Estádio Vicente Calderón, a equipe de José Mourinho fez 2 a 1 e somou mais um triunfo diante do rival, para quem não perde desde 1999.

Agência Estado

27 de abril de 2013 | 17h13

Desta forma, o Real se manteve à frente do Atlético na tabela, com 74 pontos, enquanto o rival soma 68. O time de Mourinho agora volta suas atenções para a Liga dos Campeões, na qual tem tarefa muito complicada diante do Borussia Dortmund. Depois de perder por 4 a 1 na ida, precisa vencer por 3 a 0 nesta quarta, no Santiago Bernabéu, para avançar à decisão.

Por causa dessa partida, o Real entrou em campo neste sábado sem nomes como Cristiano Ronaldo, Özil e Sergio Ramos, poupados. Chance para Kaká ser titular, mas o brasileiro pouco fez e não se destacou em campo. Quem aproveitou a chance foi Di María, autor do segundo e decisivo gol da equipe.

Quem saiu na frente, no entanto, foi o Atlético. Após falta cobrada da esquerda, Diego López espalmou, mas Godín aproveitou o rebote e cruzou para Falcao García marcar de cabeça. O empate do Real saiu dez minutos depois, com ajuda do adversário. Di María cruzou para a área e Juanfran tocou contra o próprio gol.

No segundo tempo o Atlético foi para cima, mas quem saltou à frente foi o Real. Aos 18 minutos, Benzema deu linda enfiada de bola para Di María, que recebeu na área e bateu cruzado, de primeira, para fechar o placar.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.