Ander Gillenea/AFP
Ander Gillenea/AFP

Real chega a 400 minutos sem marcar, perde do Alavés no fim e amplia má fase

Este foi o terceiro tropeço consecutivo do time merengue no Espanhol, o quarto se levar em consideração a Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2018 | 16h10

Acostumado a ver seu time brilhar e golear os adversários, principalmente em âmbito nacional, o torcedor do Real Madrid está se acostumando a uma realidade bem diferente neste início de temporada. Neste sábado, a poderosa equipe visitou o Alavés, levou um gol aos 49 minutos do segundo tempo e perdeu por 1 a 0, pela oitava rodada do Campeonato Espanhol.

Este foi o terceiro tropeço consecutivo do Real no Espanhol, o quarto se levar em consideração a Liga dos Campeões. Neste período, são três derrotas e um empate. Para piorar, a equipe não marcou nestas partidas. Com isso, neste sábado, já ultrapassou 400 minutos sem balançar as redes. Vinicius Junior entrou na reta final da partida, mas não mudou o cenário.

A crise só não é maior porque o Barcelona também tem tropeçado. No momento, o Real ocupa a vice-liderança do Espanhol, com os mesmos 14 pontos do rival catalão, que ainda joga na rodada e tem vantagem no saldo de gols. Melhor para o Alavés, que chegou aos mesmos 14 pontos, em terceiro.

O Real parece encontrar dificuldades para superar os tempos áureos de Cristiano Ronaldo e Zinedine Zidane e ainda não engrenou sob o comando de Julen Lopetegui. Sabedor da necessidade de vencer e convencer seu torcedor, o time madrilenho até tomou a iniciativa neste sábado, mas mostrou certo nervosismo.

Aos quatro minutos, Ceballos recebeu de Benzema e exigiu grande defesa de Pacheco. Aos oito, Benzema tentou de cabeça e Laguardia afastou quase em cima da linha. A resposta do Alavés veio aos 26, em uma série de cruzamentos que passaram por toda a área do Real sem ninguém para completar.

Sem conseguir desencantar, o Real foi ficando nervoso e passou a errar demais no ataque. O Alavés, então, se lançou ao ataque e perdeu a melhor chance da partida até então aos 31 do segundo tempo. Em contragolpe, Jony arrancou sozinho e bateu para fora.

Três minutos depois, Julen Lopetegui lançou Vinicius Junior a campo, na vaga de Bale. O brasileiro pouco apareceu e ainda viu o Alavés chegar à vitória nos acréscimos. Aos 49 minutos, Rubén Sobrino aproveitou escanteio da esquerda e cabeceou, Courtois defendeu e Manu García aproveitou a sobra para marcar.

O Real Madrid agora terá 14 dias para se preparar para a próxima partida, diante do Levante, dia 20, em casa, pelo Campeonato Espanhol. No dia anterior, o Alavés visita o Celta de Vigo também pela competição.

OUTROS RESULTADOS

Nas outras partidas do dia já encerradas pelo Espanhol, vitórias dos visitantes. O Levante encarou o Getafe e venceu também por 1 a 0. O Girona foi outro que viajou e levou a melhor, ao fazer 3 a 2 no Eibar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.