Felix Ordonez/Reuters
Felix Ordonez/Reuters

Real consegue virada e mantém perseguição ao Barcelona

Casillas defende pênalti na vitória por 3 a 2 sobre o Getafe; clube chega aos 75 pontos no Espanhol

AE, Agencia Estado

21 de abril de 2009 | 18h12

Com um pênalti defendido pelo goleiro Casillas e um gol do argentino Higuain, já nos acréscimos, o Real Madrid venceu o Getafe por 3 a 2 nesta terça-feira, no Santiago Bernabeu, e se manteve vivo na briga pelo título do Campeonato Espanhol. A equipe chegou a 75 pontos, três a menos que líder o Barcelona, que joga nesta quarta-feira pela 32ª rodada, contra o Sevilla, também em casa.

 

Veja também

Campeonato Espanhol - tabela Classificação / Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Embora esteja brigando contra o rebaixamento, o Getafe deu muito trabalho ao Real, e abriu o marcador logo a 10 minutos, com Soldado, ex-jogador do time da capital. O Real chegou ao empate nos acréscimos do primeiro tempo, com um gol de Higuain.

No segundo tempo, o time da casa pressionou muito, mas não conseguiu chegar ao empate e acabou castigado com um gol de Albín, aos 39 minutos. O Real empatou novamente aos 41, em bela cobrança de falta de Guti, mas o sonho do título quase foi por água abaixo no minuto seguinte, quando o zagueiro Pepe fez pênalti em Casquero.

O brasileiro, que joga pela seleção portuguesa, deu um leve empurrão no atacante rival, que desabou no chão. Irritado com o que seria uma simulação, Pepe acertou dois chutes em Casquero, e acabou expulso. Na cobrança, porém, Casquero quis apenas colocar a bola, e foi humilhado por Casillas, que nem precisou cair no chão para defender e já armar um contra-ataque.

Aos 48, Higuain voltou a marcar, definindo a vitória do Real: ele se livrou do zagueiro Cata Días e bateu forte de pé esquerdo, de fora da área, sem a menor chance para o goleiro Stojkovic. O resultado manteve o Real vivo na competição e complicou a vida do Getafe, que parou em 34 pontos e caiu para a 16ª posição, apenas duas à frente da zona de rebaixamento.

No outro jogo desta terça-feira, o Athletic Bilbao deu um passo importante para se manter na elite ao derrotar o Numancia por 2 a 1, fora de casa - Domingo abriu o placar para o Numancia, mas Toquero e Llorente viraram para os bascos, que saltaram para a 11ª posição, com 37 pontos. O time da casa se manteve na lanterna, com 28 pontos.

Nesta quarta, além de Barcelona x Sevilla, a 32ª rodada tem mais três jogos: La Coruña x Almería, Osasuna x Málaga e Betis x Valencia. Na quinta, serão mais quatro partidas: Sporting Gijon x Espanyol, Villarreal x Recreativo Huelva, Mallorca x Valladolid e Racing Santander x Atlético de Madrid.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato EspanholReal Madrid

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.