Real defende classificação sem Zidane

Depois de superar a má fase no Campeonato Espanhol com a vitória contra o Espanyol, sábado passado, por 5 a 1, o Real Madrid volta à Copa dos Campeões em busca da terceira vitória consecutiva, hoje, contra o Anderlecht, em Madri, às 15h45 ( ESPN Internacional). Um bom resultado hoje deixa o time de Madri a um passo da classificação para a segunda fase da competição. Os espanhóis lideram a chave com seis pontos, quatro a mais que o Anderlecht, segundo colocado. O desfalque mais uma vez será o meia francês Zidane, que cumpre sua penúltima partida de suspensão por ter agredido um jogador do Hamburgo no ano passado, ainda quando defendia a Juventus da Itália.A maior preocupação do técnico Vicente del Bosque, do Real, é evitar que o grupo se abata com os possíveis pedidos do brasileiro Roberto Carlos por um aumento salarial. "A polêmica de Roberto Carlos não acrescenta nada. É uma situação que não beneficia o elenco. Isso não é positivo", declarou Del Bosque, que já trabalha com mais tranqüilidade após a primeira vitória no Campeonato Espanhol, 5 a 1 contra o Espanyol, no último sábado, quando Zidane marcou o seu segundo gol com a camisa do Real.Os desfalques de Del Bosque, além de Zidane, são os brasileiros Flávio Conceição e Sávio, e Guti e Helguera, contundidos. O argentino Solari pode ganhar a posição do inglês McManaman. A direção do Real aproveitou para vetar qualquer negociação com a Lazio, interessada na contratação de Solari. O atacante Morientes, recuperado de contusão, fica como opção no banco de reservas.Ao contrário do Real Madrid, a Roma não começou bem a competição - perdeu na estréia para o Real, em casa, e empatou com o Anderlecht, semana passada, fora. Hoje, contra o Lokomotiv, de Moscou, em casa, além da vitória, as atenções estão voltadas para o argentino Gabriel Batistuta, que não marca desde o dia 17 de junho, contra o Parma, pelo Campeonato Italiano."Contra os russos, o Batistuta voltará a marcar", afirmou o convicto presidente da Roma, Franco Sensi. Para o técnico Fábio Capello "não falta ritmo de jogo para Batistuta. Ele simplesmente necessita de serenidade. Com um pouco de sorte, tudo pode mudar". Embora seja alvo constante de críticas da torcida, Batistuta conta com o apoio dos companheiros de clube. "Batistuta está sempre em posição de gol. Isso é um problema psicológico", disse o meia Totti. Hoje, ao seu lado, Batistuta terá a presença de Montella.O técnico Fabio Capello ganhou um problema para os próximos três jogos da Roma pelo Campeonato Italiano. O zagueiro brasileiro Antônio Carlos foi suspenso pela Federação Italiana, após imagens da televisão flagrarem o brasileiro agredindo o jogador Paolo Vanoli, durante a partida de domingo, contra a Fiorentina, pelo Campeonato Italiano.Foi a terceira vez que as imagens da televisão denunciaram o brasileiro. Em 1999, o jogador pegou três partidas de punição por cuspir no argentino Simeone, da Lazio, no Campeonato Italiano. No ano passado, o brasileiro foi punido por três partidas também por cuspir em Rogério de Melo, do Boavista, pela Copa da Uefa. Além de Antônio Carlos, mais quatro jogadores foram punidos: Edgar Davids e Paolo Montero, da Juventus, e David Balleri e Alberto Savino, do Lecce. Os quatro atletas pegaram dois jogos de suspensão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.