Real fecha parceria estratégica com grupo de investimento

Real fecha parceria estratégica com grupo de investimento

Clube acerta parceria de longo prazo com o grupo petroleiro Ipic visando financiar a reforma do estádio Santiago Bernabéu

REUTERS

28 de outubro de 2014 | 12h00

O Real Madrid fechou uma “parceria estratégica de longo prazo” com o fundo International Petroleum Investment Co (Ipic), de Abu Dhabi, que irá fortalecer a posição do clube como o mais rico do mundo e ajudar a financiar a reforma de seu estádio, ainda em planejamento.

O acordo inclui a criação de museus do Real e a ampliação de suas escolas de futebol no mundo todo, assim como a geração de conteúdo para plataformas de mídia digital, anunciou o Ipic, que é de propriedade do governo de Abu Dhabi, nesta terça-feira.

“Os arranjos comerciais permitirão ao Real Madrid se colocar à altura de um de seus desafios futuros mais fundamentais, converter o estádio (Bernabeu) em um dos melhores locais do mundo para sediar eventos esportivos”, afirmou.

O Real se tornou o primeiro time de futebol a acumular receitas anuais de mais de 500 milhões de euros na temporada 2011-12, e no mês passado seu presidente, Florentino Pérez, declarou que a renda subiu para 604 milhões na campanha 2013-14.

No ano passado, os campeões europeus firmaram um acordo de patrocínio de cinco anos com a companhia aérea Emirates, sediada em Dubai, que a mídia espanhola relatou chegar a 30 milhões de euros por temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.