Real joga desfalcado contra Valencia

Sem Raúl e Helguera, mas com o meia Zidane, o Real Madrid enfrenta o Valencia neste sábado, fora de casa, pela quinta rodada do Campeonato Espanhol, de olho no resultado da partida entre La Coruña e Osasuna. Afinal, o La Coruña é o líder isolado com 12 pontos - dois à frente do Real e Valencia.A partida em Valência é considerada de alto risco, principalmente pelos incidentes ocorridos entre as torcidas em temporadas anteriores. Durante a semana, a maior preocupação nas declarações era não aumentar a tensão que cerca a partida. "Existem coisas no futebol que não interessam a ninguém, porque o mais importante é a qualidade dos jogadores", amenizou o técnico do Real, Carlos Queiroz. "A população de Valência terá a oportunidade para mostrar sua hospitalidade. Sempre há radicais em todas as partes, mas a paixão tem que passar por cima de tudo isso", completou Rafa Benítez, treinador do Valencia.Queiroz não se mostra preocupado com os desfalques. Guti será o companheiro de Ronaldo no ataque, já que Raúl ainda não se recuperou de uma pancada na região lombar. Na defesa, Raúl Bravo substituirá Helguera, com febre. "Não podemos perder a oportunidade de provar nossa qualidade, independentemente das baixas."No Valencia, a novidade será a estréia no campeonato do zagueiro argentino Ayala, que renovou seu contrato com o clube até 2007. "Ele me falou que está pronto e ansioso para jogar. Espero que marque muitos gols e salve tantos outros", afirmou Benítez.Outros jogos deste sábado: Athletic Bilbao x Real Sociedad, Celta x Valladolid e Osasuna x La Coruña.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.