Real Madrid abaixa o preço por transferência de Ronaldo

A novela da transferência do atacante Ronaldo tem mais um capítulo nesta terça-feira. De acordo com o diário espanhol AS, a diretoria do Real Madri estaria disposta a liberar o Fenômeno para o Milan por oito milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões). Faltando nove dias para o término da janela de transferências do mercado europeu, a cúpula de diretores do clube merengue baixou a oferta de dez milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) proposta anteriormente aos italianos.Porém, no Milan a idéia é ter o brasileiro sem qualquer custo além do pagamento do salário do jogador. Aliás, a situação se complicou, pois nesta terça-feira o clube italiano anunciou a contratação do lateral-direito da Lazio, Massimo Oddo, pela mesma quantia pedida pelo Real por Ronaldo, ou seja, oito milhões de euros. Além de Oddo, o Milan contratou mais dois reforços, o argentino Leandro Grimi, lateral-esquerdo, por 2,5 milhões de euros e seu compatriota Marco Storari, goleiro, por 1,5 milhão de euros. 60% de chances de voltar à ItáliaErnesto Bronzetti, representante do clube milanês na Espanha, afirmou nesta terça-feira que Ronaldo tem 60% de chances de deixar o Real e vestir a camisa do time italiano ainda nesta temporada. "Ronaldo tem 60% de chances de jogar no Milan. Sou otimista, mas também sou assim mesmo quando existe uma chance em um milhão", afirmou Bronzetti a um site italiano. O representante, que fez várias reuniões com Ronaldo e seus assessores, confirmou um novo encontro entre os enviados do brasileiro e representantes do Real Madrid. "Veremos o que sairá desta reunião. Ontem eles conversaram por telefone por uma hora e meia", completou Bronzetti. Ao ser perguntado se o Real Madrid quer 8 milhões de euros pela transferência, ele disse: "Eles devem pedir a Ronaldo, não ao clube".Mijatovic diz que italianos desrespeitam o RealO diretor-esportivo do Real, Predag Mijatovic, afirmou nesta terça-feira que o Milan está faltando com o respeito com o Real Madrid ao não apresentar uma oferta oficial pelo jogador mesmo tendo deixado claro que deseja contar com o mesmo. "Para poder fechar a transferência de um jogador eu preciso ter uma oferta. Do Milan não recebemos nenhuma. As declarações de Adriano Galliani (administrador-delegado do time italiano) me levam a entender que o Milan quer Ronaldo, mas por enquanto não falaram com o Real Madrid", declarou Mijatovic. Isto, segundo o dirigente do Real Madrid, pode ser considerado "uma falta de respeito". "Me parece que destoa o fato de o Milan e o Real Madrid terem de usar intermediários para negociar um jogador importante como Ronaldo", disse Mijatovic. "O senhor Galliani deve fazer como fez no último verão (europeu), e vir aqui com uma oferta. Então, conversaremos, depois aceitaremos ou não, mas não podemos ficar nas mãos de intermediários. Nós não temos ouvido diretamente o Milan sobre a operação Ronaldo", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.