Arnd Wiegmann/Reuters
Arnd Wiegmann/Reuters

Real Madrid acerta com o Porto a compra do lateral-direito Danilo

Presença constante na seleção, jogador custou R$ 66 milhões

O Estado de S. Paulo

06 Março 2015 | 11h35

 O Real Madrid contará com mais um brasileiro em suas fileiras na próxima temporada. O clube merengue acertou com o Porto, de Portugal, a compra dos direitos econômicos do lateral-direito Danilo, que será companheiro de Marcelo e Lucas Silva.

A negociação, segundo informação do jornal Marca, foi fechada em 20 milhões de euros (R$ 66 milhões). O valor é inferior ao exigido pelos portugueses inicialmente. O Porto queria receber 40 milhões de euros (R$ 131 milhões) para liberar o jogador.

A mudança de postura foi motivada pela posição de Danilo. O lateral avisou aos dirigentes do Porto que não queria discutir uma renovação de contrato. Com isso, o clube português se sentiu pressionado e com medo de perdê-lo de graça no final do vínculo, em junho de 2016.

A contratação de Danilo faz parte da política do Real Madrid em investir em jogadores com menos de 25 anos que já tenham passagem pela seleção nacional de seus países. 

O lateral-direito foi mais uma vez convocado pelo técnico Dunga para os amistosos contra França (dia 26 de março, em Paris) e Chile (29 de março, em Londres). Danilo será titular da equipe e tem boas chances de manter o posto para a disputa da Copa América, em junho.

Revelado pelo América-MG, Danilo se destacou atuando pelo Santos, quando se destacou na conquista da Libertadores de 2011. O lateral inclusive marcou um dos gols da vitória sobre o Peñarol no Pacaembu.

Naquele mesmo ano, em 19 de julho, o lateral-direito foi comprado pelo Porto por 13 milhões de euros (R$ 43 milhões em valores atuais ). Danilo ficou no Santos até dezembro. Ele se despediu na derrota para o Barcelona por 4 a 0, na final do Mundial de Clubes. A estreia pelo time português foi em 22 de janeiro de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.