Real Madrid ajudará a reconstruir escola no Haiti

Em mais uma ação de solidariedade com as vítimas do terremoto ocorrido na semana passada no Haiti, o Real Madrid anunciou nesta sexta-feira que irá ajudar a reconstruir uma escola destruída em Porto Príncipe.

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 14h02

O presidente do clube espanhol, Florentino Perez, revelou que "a Fundação Real Madrid doará o capital necessário para reerguer a ''Escola Saint Gerard'', na capital haitiana".

O Real firmou uma parceria com a ONG espanhola "Acoger y Compartir", que havia construído originalmente a escola. O local comportava 1.200 estudantes, mas acabou desabando com o terremoto.

"O Haiti sofreu um grande desastre e temos um grande desafio pela frente, mas não podemos jamais desistir. Não podemos pensar que é impossível reerguer o país", declarou o presidente do Real.

O Real Madrid estuda a possibilidade de também construir uma escola de futebol e um clube social em Porto Príncipe, na tentativa de ajudar a população haitiana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolReal MadridHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.