Divulgação
Divulgação

Real Madrid apresenta projeto para remodelar Santiago Bernabéu

Clube deseja criar um novo estádio que seja 'um ícone, um símbolo mundial'

Agência Estado

31 de janeiro de 2014 | 12h25

MADRI - O Real Madrid apresentou nesta sexta-feira um projeto de 400 milhões de euros (cerca de R$ 1,3 bilhão) para remodelar seu estádio. De acordo com o presidente do clube, Florentino Pérez, a ideia é criar "um novo Santiago Bernabéu, um novo estádio que seja um ícone, um símbolo mundial".

A empresa responsável pelo projeto do estádio é a espanhola L35 Architectos, enquanto o desenho da fachada foi criado pela alemã GMP Architects, que também fez o design da Arena Amazônia, sede em Manaus dos jogos da Copa do Mundo. O novo Santiago Bernabéu também prevê a construção de um hotel e um shopping em suas dependências.

"O novo Santiago Bernabéu será um território privilegiado para as emoções e um orgulho para os nossos torcedores. Queremos que seja o maior estádio do mundo, com a maior comodidade possível, e um ícone na arquitetura de vanguarda. O maior estádio, um local único, que será um símbolo mundial. Um estádio especial, único e espetacular", disse Florentino Pérez.

A apresentação do projeto para o novo Santiago Bernabéu aconteceu pouco mais de uma semana depois de o principal rival do Real, o Barcelona, anunciar que reformaria o Camp Nou. O presidente do clube madrilenho, no entanto, garantiu que a motivação para mudar o desenho do estádio veio apenas do desejo de corresponder às expectativas da torcida.

"Em alguns meses, vai completar 67 anos da inauguração do estádio. Para o Real Madrid construí-lo foi um enorme desafio e teve que recorrer aos sócios para financiar a obra. O Santiago Bernabéu marcou o caminho e nossa prioridade tem sido construir a infraestrutura de acordo com o que corresponde a este clube", comentou.

De fato, o Santiago Bernabéu estava há um bom tempo sem ser remodelado. O estádio, que foi inaugurado em 1947, recebeu um novo desenho pela última vez no início da década de 80, para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 1982.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.