Real Madrid arranca empate no final

Um gol de um desconhecido salvou o Real Madrid de ser derrotado pela primeira vez no Campeonato Espanhol 2003/2004. Nesta terça-feira, desfalcado da maioria de seus astros, o Real empatou com o Villareal, na casa do adversário, por 1 a 1. O Villareal saiu na frente, com um gol do brasileiro Sonny Anderson, de voleio, aos 30 minutos do primeiro tempo. O empate do Real só aconteceu aos 41 minutos do segundo tempo. David Beckham bateu um escanteio e Antonio Nuñez, que havia entrado no segundo tempo, completou de cabeça. Núñez, de 24 anos, quase foi jogar no Atlético de Madri no mês passado. Acertou ficar no Real e ganhou uma chance nesta terça-feira. Por causa dos desfalques e de jogadores que foram vendidos às vésperas do início do Espanhol, o técnico português Carlos Queiroz só tinha quinze jogadores para relacionar na partida e teve de completar o elenco com jogadores do time B. O jogo até começou equilibrado e o Real perdeu Zidane aos 25 minutos, com dores no tornozelo direito. Solari entrou no seu lugar, mas nem assim o Villareal chegou a ameaçar o gol de Casillas antes do intervalo. No segundo tempo, o Real subiu de produção e, em um cruzamento de Beckham, Pavón acertou o travessão. O Villareal tinha como destaque o argentino Riquelme. Aos 23 minutos, o brasileiro Anderson entrou no lugar de Jose Mari. Sete minutos depois, em sua primeira participação na partida, fez o gol. O Villareal teve a chance de definir a partida aos 38 minutos, mas Riquelme chutou fraco, nas mãos de Casillas. Dois minutos depois, o time da casa foi castigado com o gol de empate de Núñez, que havia entrado no lugar de Portillo aos 31 minutos. Carlos Queiroz disse que os dois destaques da partida foram o golaço de Anderson e a raça que seu time mostrou. E também deu valor para Núñez e os outros jogadores que foram criados no próprio Real. ?Me irrita muito quando falam dessa divisão entre os galáticos e os da categoria de base. Para mim, todos são parte de um só grupo.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.